segunda-feira, 21 de março de 2011

Foliculite

O que é Foliculite?
Para entender melhor, leia o texto anterior, sobre Piodermite.                    

Se você já fez isso, saiba que a Foliculite é um tipo de Piodermite, em que a estrutura da pele afetada é o folículo piloso, ou seja, a parte responsável pela formação do pelo, na camada mediana da pele, como mostra a figura ao lado:




Entenda o que acontece na Foliculite para saber como prevenir:
Da mesma forma que as Piodermites, a Foliculite não é contagiosa. Pode ser causada por bactérias e outros micro-organismos, mas na grande maioria das vezes, os estafilococos são os responsáveis pelo problema.

Uma vez dentro do folículo piloso, a bactéria produz substâncias irritantes, que geram destruição dos tecidos e inflamação, ou seja, dor e produção de pus, com a chegada das células de defesa ao local afetado.

O pus formado seca na superfície da pele, formando uma crosta geralmente amarelada (a cor depende do tipo de bactéria envolvida) e aderida aos pelos, que caem junto com ela ao ser retirada.

Essa dermatite é oportunista, ou seja, seu animal não pegou nem transmitirá Foliculite aos outros. É preciso haver um fator que favoreça a entrada dos micro-organismos e a instalação do problema na pele. Dentre tais fatores, destacam-se como principais causas de Foliculite, a seborreia, a atopia e a infestação pela sarna Demodex sp. (Leia mais sobre cada um nos outros textos, neste blog).

Como saber se meu animal tem Foliculite?
Desconfie sempre que achar crostas amarelas e falha de pelo. Isso mesmo: não é só micose* que pode deixar o seu animal com áreas sem pelos no corpo!
Além disso, é comum o prurido (ou coceira) e vermelhidão na pele.

Como tratar a Foliculite do meu gato/ cão?
Como o micro-organismo invasor está dentro dos folículos pilosos lá dentro da pele, onde nenhum xampu ou pomada ou creme (usados na superfície) conseguirão alcançar a fonte do problema. Esse tipo de alteração de pele só será resolvido com tratamento de dentro para fora, com medicações específicas para cada caso e por tempo prolongado.

Se meu animal já melhorou, por que tenho que voltar ao consultório no final do tratamento da Foliculite¿
A reavaliação da pele do paciente após o episódio de Foliculite é imprescindível quando está sendo feita a pesquisa diagnóstica. Isto significa que a causa dessa piodermite oportunista só poderá ser avaliada e devidamente prevenida com a avaliação da pele no final do tratamento, de preferência ainda usando as medicações prescritas. Só então será possível determinar o por quê do problema. Então, não deixe de fazer as medicações pelo prazo prescrito e muito menos de retornar ao consultório no final do tratamento!


*Para mais informações sobre micose, leia os textos anteriores sobre o tema.